espt-br +995591912271 info@iberogeorgia.com

O melhor da Geórgia em uma semana

0
Precios actualizados para el año 2024
Precios actualizados para el año 2024
Save To Wish List

Adding item to wishlist requires an account

23
2 Transferências, 7 dias 8 noites
Descrição do tour
  • Início no Aeroporto de Tbilisi – final no Aeroporto de Tbilisi, 2 Transferências, 7 dias 8 noites
  • É uma proposta de viagem à Geórgia que aproveita ao máximo os dias disponíveis. Percorremos os melhores destinos da Geórgia, como Kazbegi, Mestia, Ushguli
    Itinerário

  • Dia 1 – Traslado do Aeroporto de Tbilisi para a capital
  • Dia 2 – Tbilisi, a capital
  • Dia 3 – Tbilisi-Mtskheta-Ananuri-Kazbegui-Gudauri
  • Dia 4 – Gudauri – Uplistsikhe – Gori – Kutaisi
  • Dia 5 – Kutaisi – Okatse – Martvili – Mestia
  • Dia 6 – Mestia – Ushguli – Mestia
  • Dia 7 – Mestia – Zugdidi – Bordjomi
  • Dia 8 – Bordjomi – Vardzia – Khertvisi – Akhaltsikhe – Tbilisi
  • Distância total da viagem 1724KM

    Itinerário detalhado

    Clique no texto azul para fotos, vídeos e mais informações

    Dia 1 – Traslado do Aeroporto de Tbilisi para a capital

    Tbilisi

    Tiflis (Tbilisi) é a capital da Geórgia. Sua cidade antiga com paralelepípedos reflete uma longa e complicada história, com períodos sob domínio persa e russo. Sua arquitetura diversa abrange as igrejas ortodoxas orientais, edifícios ornamentais art nouveau e estruturas modernistas soviéticas. Sobre ela se ergue Narikala, uma fortaleza reconstruída do século IV, e Kartlis Deda, uma estátua icônica da “Mãe da Geórgia”.

    Dia 2 – Tbilisi, a capital

    Sim estrada

    É uma avenida principal de Tbilisi desde o início do século XX. Foi construída pelos governadores russos, pois a Geórgia fazia parte do império russo até se libertar dele em 1918, declarando sua independência. A avenida está cheia dos edifícios mais importantes da capital, como o parlamento, a prefeitura, o Museu Estatal, o teatro e a ópera.
    Este passeio é o melhor lugar para falar da história recente do país, já que essa avenida sempre foi testemunha dos acontecimentos políticos.

    Praça de Metekhi

    A visita panorâmica desta praça é o melhor lugar para começar a explorar o centro antigo de Tbilisi. É um lugar pitoresco com uma igreja construída no século XIII e a estátua do fundador da capital, Gorgasali. Daqui, pode-se ver a Fortaleza de Narikala, o Bairro dos Banhos, o Palácio de Darejani, o Parque da Europa e o monte sagrado “Mtatsminda”.

    Fortaleza Narikala

    “Fortaleza menor” é o nome com o qual os mongóis renomearam uma antiga fortaleza do século IV de onde se pode desfrutar de magníficas vistas panorâmicas sobre Tbilisi e o rio Kura. A fortaleza consiste em duas partes muradas em uma colina íngreme, entre o bairro azeri e o jardim botânico da cidade de Tbilisi. Se as condições climáticas permitirem, subiremos à fortaleza de teleférico que conecta o Parque da Europa à fortaleza.

    Abanotubani

    O bairro dos banhos – Considera-se como o centro do antigo núcleo de Tbilisi. Como o próprio nome indica, é um lugar cheio de banhos de água sulfurosa, que sai das montanhas muito quentes. O nome da capital “Tbilisi” significa “dos quentes”, que segundo a lenda foi a razão para transferir a capital de Mtskheta no século V.
    Vamos passear por esse bairro, descendo da fortaleza pelas escadas, vendo sua cascata, cúpulas, o parque e as magníficas vistas ao redor. Caso estejamos interessados, entraremos em um deles para nos informarmos sobre preços e condições ou até mesmo fazer uma reserva. Costumamos tirar um tempo para tirar fotos e relaxar um pouco.

    Anchiskhati

    É a igreja mais antiga de Tbilisi, com tantos anos quanto a própria cidade. Até a época dos soviéticos, o culto nunca foi abandonado nela, mesmo na época dos árabes, que em Tbilisi durou do século VII ao século XII, os muçulmanos permitiam que o culto fosse celebrado e onde podiam tocar os sinos. Por essa razão, alguns locais também a chamavam de “A igreja dos sinos”.
    No século XVII, a maior parte da igreja foi restaurada e se tornou o local onde permaneceria o ícone de Cristo que, segundo a lenda, foi feito pelo próprio Senhor.
    Ela está no caminho quando fazemos a visita à capital. Contaremos mais detalhes sobre sua história e, caso não haja cultos, visitaremos seu interior.

    Dia 3 – Tbilisi-Mtskheta-Ananuri-Kazbegui-Gudauri

    Svetitskhoveli

    Data do século XI e é uma das igrejas mais bonitas e altas do país. Possui um plano de cruz alongada e é adornada com belas esculturas de pedra por fora e por dentro. Segundo a lenda, a túnica de Cristo está sob a nave central, sob um pilar quadrado decorado com afrescos coloridos e esmaecidos da conversão de Kartli. Vários monarcas georgianos estão enterrados aqui.

    Ananuri

    Na estrada militar encontramos uma das fortalezas mais bonitas da Geórgia, pelo seu entorno e pelas suas muralhas bem conservadas até agora. A fortaleza dos “Eristavis” – os governadores locais, servia para controlar a entrada para a região norte do país.
    A fortaleza de Ananuri está rodeada por florestas verdes e abaixo tem um reservatório que lhe dá um panorama magnífico.
    Como está ao lado da estrada, faremos uma parada para explorar este destino que vale a pena dedicar uma hora do nosso passeio.

    Gergeti

    Poderíamos considerar como um ícone do turismo na Geórgia. É uma igreja simples do século XIV, rodeada pelas majestosas montanhas do Grande Cáucaso. Se tivermos sorte e não estiver coberto por nuvens, poderemos desfrutar das vistas do monte “Kazbeg”, que é um dos picos mais altos da Geórgia. Também vale a pena mencionar as vistas da vila “Stepantsminda” (São Estêvão).
    A igreja foi construída para guardar as relíquias da igreja ortodoxa e era um mosteiro de monges defensores dessas relíquias.
    Falaremos da época da igreja, quando o rei “Giorgi Brdtkinvale” (Jorge o Excelente) libertou a Geórgia dos mongóis e recuperou todos os danos causados por seu reinado cruel.

    Dia 4 – Gudauri – Uplistsikhe – Gori – Kutaisi

    Uplistsikhe

    O castelo de Deus é um dos assentamentos humanos mais antigos de todo o Cáucaso. Desenvolveu-se no início do primeiro milênio a.C., e atingiu seu apogeu por volta de 600 a.C. Uplistsikhe é a principal atração da região de Shida Kartli. Esta antiga cidade troglodita tem algo de sobrenatural. Seus vestígios de habitações esculpidas na rocha dominam o curso do Kurá, na extremidade de um árido maciço.

    Museo de Stalin

    É um monumento em si mesmo. Uma exposição ao estilo soviético, de diplomas e fotos de Stalin. Pode-se ver seu escritório pessoal, bem como uma cópia de sua máscara mortuária. No exterior encontra-se a casa natal de Stalin, bem como o vagão em que ele viajava para Yalta e Potsdam. Tem o enorme interesse de ser um museu soviético dedicado a Stalin; é um lugar fascinante… e diz mais sobre o estalinismo do que qualquer obra.

    Dia 5 – Kutaisi – Okatse – Martvili – Mestia

    Cânion de Okatse

    O impressionante cânion de Okatse, com sua trilha pedestre de 2-3 horas de duração, passa pelo bosque histórico de Dadiani, uma passarela metálica suspensa sobre o Cânion de Okatse com 780 m de comprimento e termina com uma vista panorâmica em uma grande plataforma de observação. É necessária uma condição física mínima para chegar à plataforma de observação (7 km ida e volta) e não sofrer de vertigem.

    Cânion Martvili

    Os frescos e impressionantes cânions de Martvili costumavam ser um local de banho para a nobre família Dadiani. Agora podem ser visitados para desfrutar de uma atmosfera mágica, algumas cascatas de sonho e, se o nível do rio permitir, faremos um passeio de barco por um bonito rio de cor verde intensa. A beleza do frondoso cânion também pode ser apreciada a pé. Além do passeio de barco, pode-se seguir uma trilha ao longo do cânion que normalmente dura cerca de 15-20 minutos.

    Mestia

    A extremamente bela aldeia de Mestia, formada por três povoados que seguem o rio Mulkhra, é a capital regional de Svaneti e o principal centro turístico da região montanhosa. É uma cidade relativamente pequena com cerca de 2.600 habitantes, mas funciona como centro de serviços de toda a região.
    Mestia tem sido um importante foco da cultura georgiana por séculos e contém uma série de monumentos medievais, como igrejas e torres defensivas, incluídos na lista da UNESCO de Patrimônio Mundial. A população é majoritariamente Svans, um subgrupo cultural e linguístico dos georgianos.

    Dia 6 – Mestia – Ushguli – Mestia

    Ushguli

    A fascinante e misteriosa Ushguli é uma comunidade de vilarejos na região de Svaneti situados a 2200 metros acima do nível do mar, tornando-se assim um dos assentamentos humanos mais altos da Europa. Ushguli está situado em um desfiladeiro do Enguri. Existem fragmentos de uma fortaleza do século XII, várias igrejas e mais de trinta antigas torres medievais defensivas. Ushguli está sob a proteção da Lista do Patrimônio Mundial da UNESCO.

    Dia 7 – Mestia – Zugdidi – Bordjomi

    Palácio dos Dadiani

    Este palácio histórico, agora museu, foi a residência da influente e poderosa família Dadiani. A residência do soberano foi construída pela primeira vez no século XVII e foi restaurada e ampliada com várias alas ao longo dos séculos. O museu do palácio é um dos mais antigos da Geórgia. David Dadiani fundou um museu em 1839. Hoje em dia, há mais de 40.000 objetos expostos no museu. Entre eles destacam-se o Sudário da Virgem Maria, uma máscara de Napoleão Bonaparte, a espada de Shamil e coleções de pintura europeia e georgiana dos séculos XVIII-XX.

    Bordjomi

    É uma estância termal muito agradável, com seu parque e florestas ao redor. No verão, tem muita movimentação, tanto de locais quanto de turistas internacionais. É um lugar favorito das pessoas dos países da ex-União Soviética. É famosa por sua água mineral Borjomi, que poderíamos comparar em sabor com “Vichi Catalan”. Borjomi poderia servir como ponto de partida para conhecer o sul da Geórgia – região de Samtskhe Djavakheti e também, dependendo da temporada, ir à estação de esqui “Bakuriani”.

    Dia 8 – Bordjomi – Vardzia – Khertvisi – Akhaltsikhe – Tbilisi

    Vardzia

    Vardzia é um mosteiro impressionante e espetacular escavado na rocha. As primeiras cavernas foram criadas na segunda metade do século XII durante o reinado de Giorgi III. Vardzia foi seriamente danificada por vários terremotos que a racharam e expuseram suas entranhas, mas ainda assim é sublime.

    Orçamento

    Servicio de transporte​

    Opção mais econômica​
    • Assessoria de viagem​
    • Transporte
    • Guia hispanofalante​
    • Entradas
    • Alojamentos

    Serviço em espanhol​

    Viagem com guia hispanofalante
    • Assessoria de viagem​
    • Transporte
    • Guia hispanofalante​
    • Entradas
    • Alojamentos

    Servicio Turístico​

    Tudo reservado pela agência​
    • Assessoria de viagem​
    • Transporte
    • Guia hispanofalante​
    • Entradas
    • Hotéis 3*

    Servicio de transporte
    1 Pax: 1430€X1=1430€
    2 Pax: 760€X2=1520€
    3 Pax: 540€X3=1620€
    4 Pax: 430€X4=1720€
    5 Pax: 370€X5=1850€
    6 Pax: 320€X6=1920€
    7 Pax: 290€X7=2030€

    Viagem com guia
    1 Pax: 1770€X1=1770€
    2 Pax: 1010€X2=2020€
    3 Pax: 760€X3=2280€
    4 Pax: 630€X4=2520€
    5 Pax: 560€X5=2800€
    6 Pax: 510€X6=3060€
    7 Pax: 470€X7=3290€

    Com hoteles incluidos
    1 Pax: 2060€X1=2060€
    2 Pax: 1300€X2=2600€
    3 Pax: 1050€X3=3150€
    4 Pax: 920€X4=3680€
    5 Pax: 850€X5=4250€
    6 Pax: 800€X6=4800€
    7 Pax: 760€X7=5320€


    Os preços são indicativos! Podem variar conforme a temporada alta/baixa ou por outros fatores econômicos. (câmbio, preços, etc).
    Preços especiais para grupos grandes e para agências de viagens.

    Condiciones especiales para las agencias de viajes

    Condiciones especiales para las agencias de viajes

    Mapa do percurso

    Clique AQUI para ver o mapa do percurso desta viagem

    Proceed Booking

    ¿Necesitas ayuda?